sexta-feira

Conheça os principais Sugadores de Energia e como agem


COMO AGEM OS SUGADORES DE ENERGIA
Os sugadores de energias só sabem falar de desgraças.  Leem obituário dos jornais e a seção de crimes horrendos, gravam em vídeo o noticiário policial. Fazem estatísticas e sabem de cor quantos sequestros ainda não foram desvendados, quantas crianças continuam  desaparecidas, quantos sem-teto, sem-terra, sem-emprego, sem-tudo existem no mundo! Essas são aquelas pessoas que quando você propõe um piquenique, elas logo dizem: "Vai chover!".  Eles são sempre do contra. Avisam que "não vai dar certo" e torcem para que nada de bom aconteça. Depois dizem: "Eu sabia que não ia dar certo...".


OS TIPOS DE SUGADORES DE ENERGIAS
Como não existe um método infalível para combater os vampiros, o melhor é aprender a lidar com eles
É muito comum o uso de cristais, plantas, florais, defumadores, banhos de ervas e amuletos para combater o ataque dos vampiros. Como damos poder a tudo o que focamos atenção, desde que corretamente utilizadas, essas técnicas podem ser de muita ajuda, mas nenhuma delas apresenta cem por cento de eficácia, uma vez que é dentro de nós mesmos que estão as grandes vulnerabilidades, mas também a grande força para combater esses “amigos famintos”.
A melhor tática é a segurança interior e o conhecimento do modus operandi dos vampiros, ou seja, se eu sei como ele pensa e age, posso estabelecer uma conduta eficaz para combatê-lo. Mas antes de apontar o dedo para o próximo descobrindo vampiros em seus relacionamentos, faça um exame profundo em suas atitudes e observe se você não anda “pegando emprestada” a energia dos outros também!


CONHEÇA OS PRINCIAPAIS TIPOS DE VAMPIROS
O jornalista Luís Pellegrini, em matéria publicada na revista Planeta, fez uma relação muito boa dos tipos mais comuns de vampiros. Baseados nessa matéria, vamos enumerar alguns. Você também pode descobrir outros tipos. Divirta-se, afinal o bom humor é a melhor defesa!

Vampiro Cobrador:  cobra sempre, de tudo e todos. Quando nos encontramos com ele, quer logo saber por que não lhe telefonamos ou visitamos. Se você vestir a carapuça e se sentir culpado, estará abrindo as portas.

Vampiro Crítico:  só sabe criticar. Todas as observações são negativas e destrutivas. Vê a vida somente pelo lado sombrio. A maledicência tende a criar na vítima um estado de alma escuro e pesado e abrirá sue sistema para que a energia seja sugada.

Vampiro Adulador:  é o famoso puxa-saco. Adula o ego da vítima, cobrindo-a de lisonjas e elogios falsos, tentando seduzir pela adulação. Muito cuidado para não dar ouvidos ao adulador, pois ele simplesmente espera que o orgulho da vítima abra as portas da aura para sugar a energia.

Vampiro Reclamador:  é aquele tipo que reclama de tudo, de todos, da vida, do governo, do tempo. Opõe-se a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar, deixando você com sensação de que o mundo está perdido.

Vampiro Inquiridor:  sua língua é uma metralhadora. Dispara perguntas sobre tudo e não dá tempo para que a vítima responda, pois já dispara mais uma rajada de perguntas. Na verdade, ele não quer respostas e sim apenas desestabilizar o equilíbrio mental da vítima, perturbando seu fluxo normal de pensamentos.

Vampiro Lamentoso ou coitadinho: São os lamentadores profissionais, que anos a fio choram suas desgraças. Para sugar a energia da vítima, ataca pelo lado emocional e afetivo. Quando alguém lhe conta todas as coisas horríveis que já lhe aconteceu, insinuando que todos são responsáveis pela situação que se encontra (menos ele, é claro) e que se ninguém ajudá-lo, essas coisas horríveis vão continuar, essa pessoa está buscando fazer você se ligar a ele pelo sentimento de pena e, de forma passiva, começa a sugar energias. Nunca se viu com alguém que o faz se sentir culpado quando está em sua presença, mesmo sabendo que não existe nenhum motivo para você se sentir assim? Quando isto acontece, é porque que você entra no mundo dramático de um coitadinho. Tudo que eles dizem e fazem nos deixam numa posição em que parece que não estamos fazendo o bastante para ajudá-los e, por isso, nos sentimos culpados. Existem pessoas que chegam ao extremo que for necessário para conseguir sugar a energia da família e, depois disso, essa estratégia passa a ser a maneira dominante para extrair energia de todos, repetindo-a  constantemente.

Vampiro Pegajoso:  investe contra as portas da sensualidade e sexualidade da vítima. Aproxima-se como se quisesse lambê-la com os olhos, com as mãos, com a língua. Parece um polvo querendo envolver a pessoa com seus tentáculos.

Vampiro Grilo-Falante:   a porta de entrada que ele quer arrombar é o seu ouvido. Fala, absoluto, durante horas, e, enquanto mantém a atenção da vítima ocupada, suga sua energia vital.

Vampiro Hipocondríaco:  cada dia aparece com uma doença nova. Adora colecionar bula de remédios. Desse jeito chama a atenção dos outros, despertando preocupação e cuidados, sugando as energias de todos.

Vampiro Encrenqueiro:  para ele, o mundo é um campo de batalha onde as coisas só são resolvidas na base do tapa. Quer que a vítima compre a sua briga, provocando nela um estado raivoso, irado e agressivo, baixando suas defesas.

Vampiro Intimidador:  ameaça as pessoas tentando envolvê-las através da agressividade. Se a pessoa agredida se ligar àquele nível de energia e passar a lhe dar atenção, cria-se um vínculo energético, uma simbiose, assim o agressor atinge o seu objetivo, porque o agredido passa a transmitir energia para ele através de mágoas, rancor, ódio, etc.  Portanto, quando passamos a combater a agressão com agressão, passamos a ser vampirizados e, por conseqüência, a também sugar energia dos outros.

Uma forma de entendermos a existência de pessoas violentas, agressivas, destrutivas (que criticam tudo), que reclamam de tudo, que se queixam de tudo, é porque estas atitudes são formas de sugar a energias das outras pessoas. Por não conseguirem se abastecer de energias apropriadamente, ou seja, ligando-se com a energia cósmica, porque não se moralizam, não largam seus vícios, não mudam seus comportamentos egoísticos, encontram nestas formas de ser o meio de sugar a energia das outras pessoas.

A pior violência que os sugadores de energia fazem é escolher como suas vítimas as pessoas que se encontram enfraquecidas, porque estão entregues a doenças físicas, ou perturbadas psiquicamente, ou ainda, sendo vampirizadas por espíritos que a induziram a processos obsessivos.


O QUE ACONTECE QUANDO É UM MÉDIUM QUE TEM CARÊNCIA DE ENERGIA VITAL
Toda pessoa que tem sentimentos negativos produz pouco fluido vital e dificulta o fluxo. Toda a pessoa que tem sentimentos negativos tem carência energética vital, portanto, ao dar passe, o passista imprevidente irá vampirizar o paciente, sugando sua carga energética vital.

Fumar gasta muita energia vital. Se embriagar gasta muita energia vital. Toda a pessoa que fuma ou bebe tem carência energética vital, portanto, ao dar passe, o médium irá vampirizar o paciente, sugando a carga energética vital. O médium que tem vícios, ao dar passagem psicofônica sugará a energia vital do espírito comunicante. Idem para qualquer outro tipo de mediunidade. Mágoas, más paixões, egoísmo, orgulho, vaidade, cupidez, vida desonesta, adultério, etc, também causam deficiência energética vital. O passista não precisa ser um santo, mas necessita esforçar-se na melhoria íntima e no aprendizado intelectual. Todos podemos ministrar passes, porém é necessário um mínimo de preparo moral, a fim de que realmente possamos ajudar.

NÃO SEJA VOCÊ UM VAMPIRO ENERGÉTICO
Que felicidade que seria a nossa se aprendêssemos a expulsar da nossa memória as coisas desagradáveis, idéias tristes e deprimentes. Com certeza, nossa força iria multiplicar se pudéssemos conservar só os pensamentos que elevam e animam.

Isso não é tão difícil. Basta fizermos uma limpeza regular, nos livrarmos dos montões inúteis e depois, organizarmos o que sobrou, para que tenhamos êxito. Essa faxina mental não só nos livra dos lixos emocionais (mágoas, raivas, rancores, etc) que causam doenças e atrasos de vida, como também abre nossas portas para a prosperidade, abundância, felicidade e paz. 

No entanto, não são incomuns pessoas que se "enterraram" na infelicidade e na desarmonia. Outras fazem exatamente o contrário, falam sempre de coisas agradáveis e das interessantes experiências que têm feito. São indivíduos que passaram até perdas e aflições, mas falam delas tão poucas vezes, que parece nunca terem tido na vida senão boa sorte e amigos. Estas pessoas fazem-se amar.

O hábito de mostrar aos outros o nosso aspecto positivo, é o resultado do nosso equilíbrio interior. Quando estamos tristes por algum sofrimento, devemos procurar a sua causa para eliminá-lo. Geralmente, porém, quando sofremos, buscamos a causa fora de nós e não dentro, que é onde o sofrimento realmente tem origem. Vemos pessoas se queixando que tem má sorte, suspeitando que a causa seja seu vizinho com quem não se dá bem, porque é bem favorecido com a sorte nos negócios, na vida familiar, sendo estimado inclusive pelos conhecidos. Se examinarmos as circunstâncias da vida destas pessoas, verificaremos que a queixosa é negligente, gastadora, intolerante nas opiniões e indisciplinada, ao passo que a outra pessoa é cumpridora dos seus deveres, econômica, modesta, não calunia, nem adula, emprega bem o seu tempo disponível lendo bons livros, fazendo cursos,  esportes, ajudando seu próximo, sendo útil, por isso é estimada. Ao passo que a queixosa está sempre perdendo (tempo, trabalho, fregueses, dinheiro, a família e os amigos) e sempre não tem tempo.

Vamos eliminar dos nossos corações a  desconfiança, o ódio, a inveja e a descrença e vamos cultivar a alegria, a fé e a crença no amor e na Justiça Divina, e será certo que venceremos na luta que a vida nos destina.
(continua)

Artigos Relacionados:
Sugadores de Energia  - Aprenda a se defender (parte 3)

Um comentário :

  1. Informacoes importantissimas, das quais dependem o nosso bem estar, emocional,fisico,espiritual,enfim...Tudo o que necessitamos,para viver em Harmonia.Temos que nos esforcar ao maximo para termos essa leva de espirito, e esquecer todas as as mas pasagens .I pior esforco, e conseguir trnasmitir essas lindas vibracoes a pessoas que nao teem conhecimento delas proprias.

    ResponderExcluir

O que você achou? Deixe sua opinião. Ela é muito importante!