terça-feira

Forças Mentais e Doenças

Resumo da Palestra no Portal de Sananda (GAF), nesta segunda-feira (25/08/14)
http://portaldesananda.com.br/

Tema: " Forças Mentais"
Cada ser humano é um conjunto de energias e vibrações interagindo, umas sobre as outras, em fluxos constantes.
Qualquer ocorrência mental em desequilíbrio pode gerar ação perturbadora que, potencializada em distúrbio emocional, se transforma em doenças, exigindo reequilíbrio e renovação.
Muitos são os efeitos negativos que se exteriorizam no físico causados pelos pensamentos ruins, pelas emoções desgovernadas e uma mente inquieta e pessimista. Emoções como medo, cólera, ira, raiva, agressividade e tantas outras, provocam altas cargas de adrenalina na corrente sanguínea. Essas emoções em desequilíbrio se exteriorizam no corpo em forma de diabetes, hipertensão, depressão, etc. É que, em razão da desarmonia instalada, a fluidez entre espírito e matéria se interrompe, gerando as enfermidades.
Doenças são processos de purificação, mas também o de renascer pela autodescoberta e pela renovação. Pelo processo da doença, pode a criatura conhecer a si mesma de forma lúcida e benéfica, o que a ajuda na mudança interior. As forças mentais tanto podem construir como destruir, tanto podem ajudar como perturbar. Pela delicada tecelagem do espírito através das doenças, o perispírito se recompõe e a criatura se restabelece.

Nota do Blog: O processo de autoconhecimento é fundamental para o progresso da criatura humana. Como consertar aquilo que não se conhece? Como sanar um problema, se não se sabe nem que ele existe? Por isso as doenças do corpo físico são abençoadas ferramentas, janelas do superconsciente indicando o caminho da purificação a ser percorrido. Elas são dicas sobre o que ainda está errado em nós e precisa ser consertado para que possamos evoluir. Quando as enxergamos desta forma, a revolta e o vitimismo vão embora, dando lugar ao desejo de renovação, aprendizado e progresso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O que você achou? Deixe sua opinião. Ela é muito importante!